Biblioteca para pacientes com escoliose.

Biblioteca para pacientes com escoliose

Biblioteca para pacientes com escoliose A escoliose exige de quem se dedica a tratá-la, além de especialização e experiência a capacidade de percepção das necessidades de quem é afetado por ela. O Projeto Escoliose Brasil em um levantamento das centenas de pacientes atendidos constatou que mais de 90% do sexo feminino são leitores assíduos. Assim, … Ler maisBiblioteca para pacientes com escoliose.

Como você está? “NORMAL”

Como você esta? Normal

Como você esta? Normal Com a permissão da autora*, queremos trazer aqui um texto maravilhoso que uma profissional muito dedicada, nossa amiga, publicou no seu Blog esta semana.     É uma leitura obrigatória para os pais de crianças e adolescentes com escoliose.   “Olá a todos!   Há muito tempo não escrevo na Psicoescoliosis … Ler maisComo você está? “NORMAL”

Tratamento de escoliose – Pacientes diferentes, tempos diferentes

escoliose tratamento 5 meses

O tratamento de Escoliose – Pacientes diferentes, tempos diferentes.

No ambiente do tratamento de escoliose, quase sempre encontramos proposições sem nenhuma base ou evidencia cientifica.

Milhares de vezes ouvimos a panaceia de que a única forma de tratamento eficiente é a cirurgia. Mais do que frequentemente profissionais envolvidos com este procedimento não levam em consideração que esta proposição já tem mais de 40 anos – mesmo querendo travesti-la de cirurgia minimamente invasiva –  e o tratamento evoluiu no seu tipo e forma.

Vide publicação no SRS (Scoliosis Research Society) Position Statement – Screening for the Early Detection for Idiopathic Scoliosis in Adolescents SRS/POSNA/AAOS /AAP Position Statement

Da mesma forma, encontramos profissionais que acreditavam estar se aprimorando num método de trabalho que se aplica genericamente a muitas alterações e que de forma nada científica propõe um tratamento para a escoliose, lamentavelmente estes métodos ou técnicas não específicas não se sustentam sobre base científica.

Muitas vezes os pacientes que precisam de um tratamento recorrem, por desconhecimento, a profissionais não capacitados e/ou qualificados como é recomendado nos consensos científicos. Para estes reconhecer que seu tratamento está mal conduzido é difícil, se apegam a ele como se se trata-se do último salva-vidas do navio naufragado.

Está mais do que na hora que tanto os profissionais como os pacientes despertem a esta nova realidade. 

Os Exercícios Fisioterapêuticos Específicos para Escoliose (SSE Scoliosis Specific Exercices) são a base do tratamento eficiente e com sustentação cientifica, também o uso de uma órtese de última geração 3D Cad/Cam (Com base no  SRS and Sosort Criteria) permite obter os melhores resultados. Veja link externo

Dentro de tantos de nossos pacientes atendidos, queremos apresentar 4 casos que tem uma relação direta com o título deste post.

 

Caso 1> Adolescente sexo feminino, 12 anos + 2 meses, no início do tratamento,

Escoliose com + de 50 graus Cobb. Paciente e pais se recusando a fazer a cirurgia.

Intervalo entre o primeiro registro e o atual = 18 meses

Tratamento de escoliose sem cirurgia

 

Caso 2 > Adolescente sexo feminino, 13 anos + 5 meses no início do tratamento,

Escoliose com mais de 50 graus Cobb. Paciente e pais se recusando a fazer a cirurgia.

Intervalo entre o primeiro registro e o atual = 5 meses

 

 

Caso 3> Adolescente sexo masculino, 13 anos + 3 meses, no início do tratamento,

Escoliose com + de 50 graus Cobb. Paciente e pais se recusando a fazer a cirurgia.

Intervalo entre o primeiro registro e o atual = 12 meses

Tratamento de escoliose sem cirurgia 2

 

Caso 4> Adolescente sexo feminino, 12 anos + 8 meses, no início do tratamento,

Escoliose com + de 50 graus Cobb. Paciente e pais se recusando a fazer a cirurgia.

Intervalo entre o primeiro registro e o atual = 17 meses

Tratamento de escoliose sem cirurgia 5

 

Todos estes resultados são preliminares. O tratamento de escoliose continua em andamento.

Somos o único centro de tratamento não cirúrgico da escoliose que detém a qualidade de especialista em toda a América Latina.

Defendemos a detecção precoce e o tratamento adequado desde o momento da sua detecção.

“Observar e Esperar não é tratar”

Defendemos que a cirurgia em escoliose idiopática só deve ser recomendada quando foram esgotados todos os recursos técnicos e humanos levando-se sempre em conta a segurança da saúde do paciente.

A escoliose não é o Cobb, título de post anterior, que destaca que não se pode tomar a decisão de realizar uma cirurgia com base apenas nos graus Cobb, isto é, no mínimo uma total falta de conhecimento da história natural da doença.

 

Escoliose, minha filha tem? Como não vi isso antes

Escoliose, minha filha tem

Escoliose, minha filha tem? Como não vi isso antes O que é isso? Tem que usar colete?  Essas são as frases e os questionamentos que mais recebemos de pais desolados entre a angústia de uma notícia bombástica, a falta de informação por parte dos médicos e o sentimento de culpa. Primeiramente queremos que saibam mães … Ler maisEscoliose, minha filha tem? Como não vi isso antes