Tradução desta importante iniciativa da Organização Mundial de Saúde sobre a conscientização da escoliose.

Nós do Projeto Escoliose Brasil já assinamos!

Assine você também e ajude a transformar a realidade de muitos brasileiros!

“A escoliose afeta 2-3% da população, ou cerca de 7 milhões de pessoas nos Estados Unidos, e não há cura. [1 de 40 filipinos para ser específico] a escoliose impacta (afeta) bebês, adolescentes e adultos em todo o mundo com pouca acentuação para a raça ou status socioeconômico. A idade primária de início para escoliose é 10-15 anos de idade, ocorrendo igualmente entre ambos os sexos. Entretanto, as meninas têm oito vezes mais chances de progredir a uma magnitude da curva que requer o tratamento. A escoliose pode afetar a qualidade de vida com atividade limitada, dor, função respiratória reduzida ou diminuição da auto-estima. É esperado que grande maioria das pessoas com esta condição não vão precisar de tratamento. O problema é que não sabemos quem o receberá, por que o conseguirá, qual será o progresso ou até que ponto eles vão progredir. Cada ano mais de fazem mais de 600.000 de pacientes com escoliose fazem visitas a consultórios médicos privados, e cerca de 30.000 crianças são colocadas em um colete para escoliose, enquanto 38.000 pacientes são submetidos a cirurgia de fusão espinhal. Apesar dos médicos tentarem tratar esta deformidade espinhal durante séculos, 85% dos casos são classificados como idiopáticos. Consequentemente, a vida de um paciente com escoliose é exacerbada por muitas incógnitas e, portanto, tratamentos que são muitas vezes ineficazes, invasivos e / ou dispendiosos. Pacientes com escoliose também têm riscos aumentados de saúde devido à exposição freqüente de raios-x. A escoliose é uma doença multifatorial, que requer investigação e tratamento multidisciplinares. Cuidar é compartilhar. Examine seu filho hoje e faça a diferença. Compartilhe isso com as pessoas que mais importam para você. Você pode salvar a vida de alguém fazendo isso!

Fonte: National Scoliosis Foundation Dirigido pelo nosso amigo Joe O’Brien

Assine você também neste link: https://goo.gl/kUwoI3

OMS e a conscientização da escoliose.
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.