Método Schroth ISST

Método Schroth ISST

Um curso de formação profissional

Devido à importância de oferecer este curso de Formação Schroth ISST Bad Sobernheim, em maio de 2017 começamos os acerto para alcançar o objetivo de traze-lo ao Brasil. Este curso até agira só foi oferecido no Canadá na América e agora com exclusividade será oferecido aos profissionais do Brasil e America do Sul. É importante destacar que o curso que será oferecido é a formação original SCHROTH, a mesma oferecida na Clínica Asklepios em Bad Sobernheim. Somente o Brasil aparece no calendário do ISST fora da Europa como local onde será oferecido o curso básico pela primeira vez na America do Sul, o que demonstra a dificuldade que tem os fisioterapeutas de acesso a esta a tão importante formação para o tratamento da escoliose.

2ª turma

De 27 a 31 de Março de 2019

Curso oficial de formação de fisioterapeutas para o tratamento da escoliose segundo os ensinamentos de Katharina Schroth Método Schroth ISST Bad Sobernheim. Vagas reduzidas
Inscreva--se Aqui

Curso Básico Método Schroth ISST

O curso básico completo inclui 2 partes de 5 dias cada com um total de 77 horas (CEU). No período de 6-12 meses entre sessões intensivas de trinamento de 5 dias, o terapeuta tem que implementar e praticar os elementos aprendidos em sua rotina diária. O instrutor dá uma atribuição de funções necessárias para participar da próxima parte. A intenção é implantar uma exploração intensiva e séria na prática clínica.

Curso atualização Método Schroth ISST

O curso de atualização ISST – é um curso de 2 dias : consistindo de tópicos práticos e teóricos, bem como de relatórios de casos e realizado pelo Instrutor Regional ISST – Parte I . Os preços podem ocasionalmente variar de acordo com o número de participantes e as condições locais.

Curso Método Schroth ISST Avançado

O Curso avançado ISST foi planejado para terapeutas com experiência nos cursos básicos de Schroth tanto na teoria como na prática. Aborda diferentes tópicos como coletes ortopédicos e suporte de fisioterapia, conceitos básicos de como realizar uma pesquisa (ensaio), como avaliar a importância de um artigo científico, aspectos educacionais de um treinamento postural usando princípios de conceito de aprendizado motor.

Bases dos cursos ISST

  • Com base em princípios fisioterapêuticos típicos, a Terapia Schroth foi fundada por Katharina Schroth em 1920 e continuamente aprimorada através da experiência dos terapeutas Schroth de todo o mundo.
  • O uso de exercícios posturais para terapia da escoliose é baseado em princípios científicos que se relacionam diretamente com etiologias e sintomas de deformidade vertebral.
  • ISST utiliza um programa de exercícios individualizados combinando padrões comportamentais corretivos com métodos fisioterapêuticos. O tratamento 3D (tri dimensional) da escoliose é baseado em princípios sensório-motores e cinestésicos e seus objetivos são facilitar a correção assimétrica do tronco e da postura, e ensinar os pacientes a manter conscientemente a postura corrigida nas atividades de vida diária.
  • Os principais elementos da abordagem de tratamento são: correção das disfunções reversíveis da coluna vertebral, mobilização passiva específica da escoliose, estabilização ativa 3D, respiração corretiva, controle postural, educação terapêutica com um aspecto específico nas AVDs, desenvolvendo um programa de exercícios domiciliares fácil e seguro.
  • Os coletes, se indicados e prescritos, são incluídos no processo terapêutico, ajudando os/as pacientes a aceitar esta ferramenta terapêutica efetiva e usá-lo também como equipamento terapêutico para melhorar a qualidade dos exercícios, especialmente no programa de exercícios domiciliar.

No treinamento ISST- vamos esclarecer vários aspectos teóricos específicos da escoliose em combinação com partes práticas da abordagem terapêutica.

O curso aborda desde a compreensão do aspecto da escoliose até a um raciocínio clínico mais sofisticado e abrangente sobre a gestão conservadora da escoliose.

Metas e Resumo

A formação ISST permite aos fisioterapeutas fornecer um tratamento conservador adequado para pacientes com desvios da coluna vertebral principalmente para escoliose idiopática e cifose.

O objetivo é prevenir a cirurgia, desacelerar ou interromper a progressão e desenvolver estratégias efetivas de enfrentamento para que os pacientes melhorem sua participação social e suas atividades na vida diária.

Isso também tem um efeito positivo na QVRS geral (qualidade de vida relacionada à saúde) para crianças, adultos e pacientes idosos que sofrem de escoliose e cifose.

O treinamento permite que os fisioterapeutas compreendam as condições biomecânicas dos aspectos posturais assimétricos e a carga assimétrica da coluna vertebral que levam a adaptações funcionais e estruturais e um maior risco de progressão.

A fisioterapia específica também é indicada para pacientes com colete, para pacientes com indicação de cirurgia ou após a cirurgia.

O fisioterapeuta aprenderá a definir o seu papel como jogador da equipe em uma rede interdisciplinar com médicos, cirurgiões, técnicos ortopédicos (ortesistas), pais, pacientes e psicólogos.

1 – Noções básicas: Etiologia, conceito biomecânico, conceito de ciclo vicioso, progressão, desequilíbrio postural, função e estrutura, colete, cirurgia.

2 – Avaliação clínica: exame visual e manual, protocolo terapêutico, avaliação de raios-X, escoliômetro, testes funcionais.

3 – Classificação: Schroth, King, Rigo, Lenke

4 – Mobilização específica: Passiva: técnicas manuais específicas: flexão lateral, inclinação, deslocamento lateral, de-rotação, realinhamento sagital

5 – Terapia respiratória: Respiração corretiva: uma força interna detorsional específica para reverter as características escolióticas e mobilizar disfunções torácicas restritivas

6 – Estabilização 3D: exercícios no tratamento da escoliose idiopática, do posicionamento à auto- correção- ativa.

7 – Atividades da vida diária: variações de postura, abordagens fáceis para o lazer (tempo livre), ajudando a evitar a progressão e reduzindo a carga assimétrica – instruções para o trabalho com tensões básicas e exercícios de equilíbrio.

8 – Correção sagital: correção no plano sagital, fácil de aplicar e importante para a estabilidade da coluna, especialmente na área lombar.

9 – Exercícios com colete: conceito multidisciplinar incluindo o colete.

Curso Método Schroth

sAIBA MAIS SOBRE O CURSO bÁSICO